APAF Institucional

Notícias

06-04-2017

Respect the Referees

Nota de Imprensa - Campanha de Sensibilização

Na sequência do clima de violência contra os árbitros, a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol lançou uma campanha de sensibilização intitulada “Respect the Referees”.

Assim, nesse sentido, e após reunião com a LIGA Portugal, na pessoa do Dr. Pedro Proença, as equipas de arbitragem entrarão em campo, nas 28.ª jornada da Liga NOS e 35.ª jornada da LEDMAN Liga Pro, entre 06 e 10 de abril, envergando t-shirts alusivas aos valores de respeito e fair play, com a seguinte mensagem: “Respeito pelos árbitros – Policiamento obrigatório já!”.

Da mesma forma, antes de cada jogo, as três equipas irão reunir-se na zona central do terreno de jogo para se mostrarem solidárias com esta campanha.

“De uma vez por todas, é importante que os adeptos, os agentes desportivos e as instituições percebam que os árbitros devem ser respeitados”, justifica Luciano Gonçalves.

Mas, ainda referindo-se a todo o clima de violência aos agentes de arbitragem, acrescenta que “Conforme é do conhecimento público, são já excessivos os exemplos de atos de violência contra as equipas de arbitragem. São maus exemplos que começam nas bancadas e que são exponenciados na praça pública. Diante deste cenário, a exigência de respeito tem que ser acompanhada por medidas extraordinárias, que permitam a estes agentes desportivos cumprir a sua missão”.

A espectativa da APAF é cabal: “O policiamento obrigatório em todos os recintos desportivos, não só naqueles onde atuam as equipas profissionais, é hoje uma necessidade”.

Parceiro desta iniciava, Dr. Pedro Proença, representando a LIGA Portugal, apoia incondicionalmente esta ação: “Trata-se de uma campanha à qual nos associamos por convicção, pois toda e qualquer violência – não só a física – deve ser erradicada do futebol. Aquele que é um dos maiores espetáculos do Mundo, em que os árbitros são protagonistas, e a maioria dos seus adeptos não podem ser molestados, seja em competições profissionais, seja nas amadoras e de formação”, afirma o dirigente.

Relembra e realça ainda que “É de louvar que a Arbitragem exija das autoridades os níveis de segurança que o futebol profissional tem implementado, nomeadamente a sua obrigatoriedade nos recintos onde atuam”.

A APAF deseja que se termine de uma vez por todas com este fenómeno que ultrapassou todas as marcas. 

O futebol merece-o. A arbitagem necessita-o. Está ao alcance de todos. Respect the Referees!